Oração da Serenidade



Deus, concedei-me,
A serenidade para aceitar as coisas que eu não posso modificar;
Coragem para modificar as coisas que posso, e
Sabedoria para saber a diferença.
Vivendo um dia de cada vez;
Desfrutando um momento por vez;
Aceitando as dificuldades como o caminho da paz;
Tomando, como ele fez, este mundo pecaminoso como ele e, não como eu gostaria que fosse;
Confiando em que ele fará todas as coisas certas se eu submeter-me a sua vontade.
Que eu possa ser razoavelmente feliz nesta vida;
E infinitamente feliz com ele para sempre na próxima.
Amém.

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Anarquia ou Democracia como lidar dentro da instituição

Anarquia ou Democracia como lidar dentro da instituição

      No quadriênio entre dois mil e dois mil e quatro, curiosamente aconteceram algumas mudanças significativas nas instituições onde a duvida ficou emaranhada nos anais da instituição como momento de progresso institucional e tentativa de desvio de posturas hierárquicas basilares nas policias do Brasil.
             Porem tiveram que se adaptar a um grande dilema, visto que nesta ocasião iniciou-se um movimento de mudança onde algumas propostas foram acolhidas .
            Hoje vigora e prospera, a melhora no dialogo entre as classes, a participação de todos na construção da Guarda moderna, a abertura e em suas  reivindicações como categoria , porem também deixou algumas vestígio  que   todos  sentem ainda, a desorientação funcional deixada pois houve uma obstinação pela quebra do sistema hierárquico conseqüentemente a perda do corporativismo funcional a individualização e distanciamento dos profissionais no trabalho em equipe  surgindo  Guardas com ausência de postura/atitude e comprometimento policial, situação letal a uma instituição  que carece um norte para sua performance fim .
           Diante disto o que ficou impresso  foram  momento de auto afirmação da democracia partidária populista, em contrapartida o desvio de propósito  sugerido  foi  a desarrumação em situações  tentadas nas instituições modernas.
            Estas proposituras são conseqüência de um passado próximo, pois a instituição Guarda Civil foi concebida  sob os holofotes de ser uma corporação diferenciada tendo como slogan principal ser amiga, protetora e aliada.
           Observa-se que por força do papel que as polícias na ainda frágil soberania popular brasileira e recém saídas de um período pós IIª Guerra Mundial, eram  utilizada como aparelho da afirmação do poder político, teve então através dos fundadores e comandantes que passaram por este  período varias formas e visões de trabalho, pois as polícias, estavam abandonando a postura meramente reativa que eles vivenciaram para adotar uma postura diferente, moderna, e orientativa  que se faz necessária nos dias de hoje. 
           O que se tem observado na sociedade e corporações é a luta do sistema anárquico lutando para sobrepor  a  soberania popular , em que o poder de tomar importantes decisões políticas direta ou indiretamente, por meio de seus representantes  eleitos.
           A soberania popular tem sido confusa, marcada pelo impasse entre a defesa da ordem e a defesa dos direitos dos cidadãos. Assim, por um lado, todos reconhecem que as polícias são organizações fundamentais para o funcionamento das sociedades, protegendo os cidadãos.
          Anarquismo é uma filosofia política que engloba teorias, métodos que objetivam a eliminação total de todas as formas de hierarquia e comando em uma corporação. De uma forma mais explicita anarquistas são contra qualquer tipo de ordem hierárquica.
          Dentro da corporação notamos que dentro da democracia atualmente disseminada notamos que infelizmente existe a exclusões de classes que foram subdivididas e se digladiam entre si em busca do poder para a minoria desta casta, sem ainda contar com a grande dificuldade velada de lidar com a latente exclusão de gêneros e preconceitos que não são aceitos mas praticados . 
          E contrapartida vivemos ainda com a tentativa de desarticulação em menor escala mas muito fomentada nos bastidores que é o anarquismo ou seja a confusão que  incentiva a quebra de hierarquia entre as classe piramidais de uma instituição uniformizada que é fundamental para o bom funcionamento das instituições . Todos  devem dentro de uma esfera aceitável conviver com a liberdade de expressão porem liberdade focada para o engrandecimento do todo.
           O que  hoje deve focar é  uma Guarda Civil democrática com a manutenção e implementação de uma gestão organizacional moderna, eficaz e eficiente possibilitando o planejamento,  controle, avaliação e monitoramento dos seus resultados e controle da própria atuação do profissional através de órgão de correição em Segurança Urbana.

            Não podemos esquecer que é necessário incentivar uma Guarda  democrática  devendo investir na capacitação contínua profissionalização da corporação e de seus integrantes na busca da qualidade total e como conseqüência criar uma diretriz institucional aonde ela foque somente o bem estar propiciando verdadeiramente a sensação de segurança da população local.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário