Oração da Serenidade



Deus, concedei-me,
A serenidade para aceitar as coisas que eu não posso modificar;
Coragem para modificar as coisas que posso, e
Sabedoria para saber a diferença.
Vivendo um dia de cada vez;
Desfrutando um momento por vez;
Aceitando as dificuldades como o caminho da paz;
Tomando, como ele fez, este mundo pecaminoso como ele e, não como eu gostaria que fosse;
Confiando em que ele fará todas as coisas certas se eu submeter-me a sua vontade.
Que eu possa ser razoavelmente feliz nesta vida;
E infinitamente feliz com ele para sempre na próxima.
Amém.

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

A desvirtuação da criminalidade e a violência na sociedade

A desvirtuação da criminalidade e a violência na sociedade

           Nos tempos atuais devido vários fatores que deságuam nas mais variadas postura regionais que  estão causando e transformando a sociedade local. Dentre elas uma grande conflito de opiniões quanto ao fenômeno que não é exclusividade  de poucos, porem vem atingindo a grande parcela da sociedade nos quesitos criminalidade e violência portanto a miscelânea é grande causando alvoroço e desvirtuação social.
               Há que se observar que a criminalidade  é um fenômeno social mutante em vários segmento  como a alteração da sociedade no quesito sexo e  idade da população local. Se nos observarmos, houve diversos fatores que contribuíram para a instabilidade  em especial o aumento ou crescimento da população inicio do ciclo de jovem de 10 a 20 anos neta problemática na região sem computar precisamente a flutuação de jovem/adultos atraídos pelo desenvolvimento da classe média na região, êxodo da migração, corredor elevado fluxo de veículos, aumento da classe de sexagenários,  periferização,  enorme quantidade de assentamentos precários,  desvirtuação da família, religião deficitária, escolas falhas e outros atrativos que o bairro propicia.
               A adolescência que aflora no bairro é uma etapa humana em que as influências de pessoas do mesmo rol contribuem para este aumento  , pois ainda são movidos pela necessidade aumento de dinheiro,  afirmação de valores individuais,  contrapondo a expectativa da  sociedade.
              Podemos dizer que uma das vertentes  explicáveis, são as hormonais, pois  dizem que os meninos, diferentemente das meninas, são estimulados a tornarem-se agressivos, impositivos, machões na essência de suas atitudes.
             Outro fator preponderante é a democracia irresponsável implantada, onde todos desejam exercer os seus direitos, porem  poucos assumem a co responsabilidade de cumprir com suas obrigações sociais sendo, pai, filho, empregado ou mesmo cidadão local.
            Necessitamos apreender através das bibliografias, que a violência como sendo um comportamento que causa dano intencional e amedronta moralmente a sociedade.
 Em contra partida, a violência se  define pela sua ação nefasta e corrupta  abalizada na ira, que atemoriza os habitantes da região.
            Violência inicia-se sobre o manto de vários fatores que corroboram para seu aumento como podemos citar como sensação de insegurança como já discorrido, desfragmentação familiar, a periferização, crescimento desordenado em bairros não planejados, o desemprego migração para o comércio informal que colaboram em muito para a fixação da violência.
              Na região necessitamos fomentar ampla discução na melhora do sistema educacional, uma saúde de qualidade, políticas publicas habitacional, aumento na frente de trabalho em nossas empresas e uma maior participação em redes  e articulação comunitária nas discussões e soluções desse problema fixando o jovem/adulto nos padrões que a sociedade usa como regra aceitável  incidindo assim na minimização de fatores contraditórios .
            Devemos abordar a violência como uma reação instintiva do ser humano sem causas intrincadas nos fatores emocionais como o desrespeito, prepotência, crises inesperadas de fúria, fracassos, frustrações e etc..
           Para findar, as duas conjunturas convivem muito próximas, mas devemos conscientizar-se das modificações de comportamento que se faz necessário,  e dentro de uma rede social, implementamos políticas pública e educação familiar de qualidade socialmente mais próxima dos padrões,  para tornar mínimo  estes fatores agravantes discorridas, pois temos  grande  experiências mundiais para suplantar tais adversidades

Nenhum comentário:

Postar um comentário